Performance and intestinal development of chicks submitted to different rations and different types of incubation

Autores

  • Eliete Souza Santana Universidade Estadual de Goiás, São Luís de Montes Belos-GO, Brasil
  • José Neto Cassiano de Camargo Universidade Estadual de Goiás, São Luís de Montes Belos-GO, Brasil
  • Michele Laboissière Universidade Estadual de Goiás, São Luís de Montes Belos-GO, Brasil
  • Roberto Moraes Jardim Filho São Salvador Alimentos, Itaberaí- GO, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.26605/medvet-v15n2-4399

Palavras-chave:

duodenal, incubators, nutrition

Resumo

The objective of this work was to evaluate the effects of two types of incubation and two types of feeding on the performance of chickens and intestinal development of chicks during the pre-starter phase (1 to 7 days of age). One-year-old male Ross® chicks were used. The experimental design was a randomized complete block design, in a 2x2 factorial design, with two types of feed processing (bran and micropelleted) and two types of incubation machines (single and multiple stage), totaling four treatments, with four treatment repetitions each. Twelve birds per experimental unit were used, totaling 192 animals. Performance evaluations were conducted, such as mean weight, weight gain, feed intake, feed conversion, bowel weight and size, and percentage of intestine in relation to live weight. Histomorphometric tests on the height of the villi and depth of the duodenal crypts were also performed. The two incubation machines did not influence any of the analyzed variables. Even though both had the same composition, the micropelleted feed resulted in positive gains for the performance variables: average weight, weight gain, feed intake, and feed conversion when compared to the meal, but was unable to significantly influence the morphometric measurements of the duodenum of chicks in the pre-starter phase.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Agostinho, T.S.P; Calixto, L.F.L; Gomes, A.V.C; Togashill, C.K; Curvello, F.A; Lima, M.F. Desenvolvimento de órgãos do trato gastrintestinal e desempenho de frangos de corte arraçoados na fase pré-alojamento. Revista Brasileira de Saúde Produção Animal, 13(4): 1143-1155, 2012.

Almeida, J.G.; Dahlke, F.; Maiorka, A.; Faria Filho, D.E.; Oelke, C.A. Efeito da idade da matriz no tempo de eclosão, tempo de permanência do neonato no nascedouro e o peso do pintainho. Archives of Veterinary Science, 11(1): 45-49, 2006.

Andrade, E.C; Baião, N.C; Lara, L.J.C; Rocha, J.S.R.; Brumano, G; Saldanha, M.M; Abreu, A.R.C. Efeitos da granulometria e da forma física da ração sobre o desempenho de frangos de corte. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, 68(2): 483-488, 2016.

Araújo, W.A.G.; Albino, L.F.T. Comercial incubation. Viçosa: Transworld Research Network, 2011. 171 p.

Araújo, I.C.S.; Leandro, N.S.M.; Mesquita, M.A.; Café, M.B.; Mello, H.H.C.; Gonzales, E. Effect of incubator type and broiler breeder age on hatchability and chick quality. Brazilian Journal of Poultry Science, 18(2): 17-26, 2016.

Boemo, L.S.; Rosa, D.P.; Rosa, A.P.; Orso, C.; Scher, A.; Gehrke, S.B.; Sila, A.E.; Mariani, A.B. Processos térmicos em dietas para frangos de corte na fase pré-inicial. Revista Brasileira de Saúde Produção Animal, 17(2): 195-201, 2016.

Carvalho, L.S.S.; Machado, C.A.; Fagundes, N.S.; Litz, F.H.; Fernandes, E.A. Desenvolvimento biométrico e desempenho de frangos de corte submetidos a diferentes períodos de jejum pós-eclosão. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 50(4): 300-306, 2013.

Faria, D.E.; Faria Filho, D.E.; Junqueira, O.M.; Araújo, L.F.; Torres, K.A.A. Forma física e níveis de energia metabolizável da ração para frangos de corte de 1 a 21 dias de idade. Ars Veterinaria, 22(3): 259-264, 2006.

Ferreira, D.F. Sisvar: a guide for its Bootstrap procedures in multiple comparisons. Ciência e Agrotecnologia, 38(2): 109-112, 2014.

Flores, F.; Nääs, I.A.; Garcia, R.G. Variação térmica durante a incubação de ovos e seus efeitos sobre os componentes imunológicos do embrião. Enciclopédia Biosfera, 9(17): 2594-2612, 2013.

Freitas, E.R.; Sakomura, N.K.; Dahlke, F.; Santos, F.R.; Barbosa, N.A.A. Desempenho, eficiência de utilização dos nutrientes e estrutura do trato digestório de pintos de corte alimentados na fase pré-inicial com rações de diferentes formas físicas. Revista Brasileira de Zootecnia, 37(1): 73-78, 2008.

Freitas, E.R.; Sakomura, N.K.; Vieira, R.O.; Neme, R.; Traldi, A.B. Uso de diferentes formas físicas e quantidades de ração pré-inicial para frangos de corte. Revista Ciência Agronômica, 40(2): 293-300, 2009.

Gomide Junior, M.H.; Sterzo, E.V.; Macari, M.; Boleli, I.C. Use of scanning electron microscopy for the evaluation of intestinal epithelium integrity, Revista Brasileira de Zootecnia, 33(6): 1500-1505, 2004.

Lara, L.J.C.; Baião, N.C.; Rocha, J.S.R.; Lana, A.M.Q.; Cançado, S.V.; Fontes, D.O.; Leite, R.S. Influência da forma física da ração e da linhagem sobre o desempenho e rendimento de cortes de frangos de corte. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, 60(4): 970-978, 2008.

Leandro, N.S.M.; Cunha, W.C.P.; Stringhini, J.H.; Cruz, C.P.; Café, M.B.; Matos, M.S. Influência do peso inicial de pintos de corte sobre o desempenho e o rendimento de carcaça de frangos e a viabilidade econômica da produção. Revista Brasileira de Zootecnia, 35(6): 2314-2321, 2006.

Lima, R.C.; Freitas, E.R.; Gomes, H.M.; Cruz, C.E.B.; Fernandes, D.R. Desempenho de frangos de corte criados em duas densidades de lotação e cama de coco com diferentes alturas. Revista Ciência Agronômica, 49(3): 519-528, 2018.

Lorençon, L.; Nunes, R.V.; Pozza, P.C.; Pozza, M.S.S.; Appelt, M.D.; Silva, W.T.M. Utilização de promotores de crescimento para frangos de corte em rações fareladas e peletizadas. Acta Scientiarum Animal Science, 29(2): 151-158, 2007.

Maiorka, A.; Boleli, I.C.; Macari, M. Desenvolvimento e reparo da mucosa intestinal. In: Macari, M.; Furlan, R.L.; Gonzales, E. Fisiologia aviária aplicada a frangos de corte. Jaboticabal: FUNEP/UNESP, 2002. p. 113-121.

Melo, A.S.; Queiroz, J.P.A.F.; Oliveira, M.; Dias, F.K.D.; Fernandes, R.T.V.; Marinho, J.B.M.; Souza, R.F.; Filho, C.A.S.; Souza, A.O.V.; Arruda, A.M.V. Formas físicas de utilização de rações para aves. Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia, 10(2): 173-178, 2016.

Nir, I.; Twina, Y.; Grossman, E.; Nitsan, Z. Quantitative effects of pelleting on perfeormance, gastrointestinal tract and behavior of meat-type chickens. British Poultry Science, 35(4): 589-602, 1994.

Nunes, J.K.; Gonçalves, F.M.; Dallmann, H.M.; Gentilini, F.P.; Anciuti, M.A.; Rutz, F.; Maier, J.C.; Silva, J.G.C. Desenvolvimento do sistema digestório de frangos de corte alimentados com farinha de batata doce. Archivos de Zootecnia, 60(232): 1105-1114, 2011.

Oliveira, A.A.; Gomes, A.V.C.; Oliveira, G.R.; Lima, M.F.; Dias, G.E.A.; Agostinho, T. S.P.; Sousa, F.D.R.; Lima, C.A.R. Desempenho e características da carcaça de frangos de corte alimentados com rações de diferentes formas físicas. Revista Brasileira de Zootecnia, 40(11): 2450-2455, 2011.

Pucci, L.E.A.; Rodrigues, P.B.; Bertechini, A.G.; Nascimento, G.A.J.; Lima, R.R.; Silva, L.R. Forma física, suplementação enzimática e nível nutricional de rações para frangos de corte na fase inicial: desempenho e digestibilidade dos nutrientes, Revista Brasileira de Zootecnia, 39(6): 1272-1279, 2010.

Rostagno, H.S.; Albino, L.F.T.; Donzele, J.L.; Gomes, P.C.; Oliveira, R.F.; Lopes, D.C.; Ferreira, A.S.; Barreto, S.L.T.; Euclides, R.F. Tabelas brasileiras para aves e suínos (composição de alimentos e exigências nutricionais). 3ª ed. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa, 2011. 77-80p.

Santana, M.H.M.; Givisiez, P.E.N.; Figueiredo Júnior, J.P.; Santos, E.G. Avaliação de protótipos de incubadoras sobre os parâmetros embrionários de ovos férteis caipiras. Revista de Ciências Agrárias, 36(2): 157-162, 2013.

Silveira, M.H.D.; Zan Usso, J.T.; Rossi, P.; Rutz, F.; Anciuti, M.A.; Zauk, N.F.; Ribeiro, C.L.G.; Brum, P.A.R.; Nunes, J.K. Efeito da peletização em dietas contendo complexo enzimático para frangos de corte. Ciência Animal Brasileira, 11(2): 326-333, 2010.

Sousa, D.C.; Oliveira, N.L.A.; Dourado, L.R.B.; Ferreira, G.J.B.C. Sistema digestório das aves e o glicerol na dieta de frangos de corte: Revisão. Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia, 9(8): 369-380, 2015.

Tavernari, F.C.; Mendes, A.M.P. Desenvolvimento, crescimento e características do sistema digestório de aves. Revista Eletrônica Nutritime, 6(6): 1103-1115, 2009.

Troni, A.R.; Gomes, P.C.; Mello, H.H.C.; Albino, L.F.T.; Rocha, T.C. Composição química e energética de alimentos para frangos de corte. Revista Ciência Agronômica, 47(4): 755-760, 2016.

Uni, Z.; Ganot, S.; Sklan D. Post-hatch development of mucosal function in the broiler small intestine. Poultry Science, 77(1):75-82, 1998.

Valdo, N.N.; Garcia, S.M.; Souza, L.F.A. Diferentes desinfetantes sobre a contaminação e desempenho da incubação de ovos de avestruz. Colloquium Agrariae, 16(2): 114-119, 2020.

Villanueva, A.P; Ebling, P.D; Pontalti, G.C; Ribeiro, A.M.L. Effect of incubation system on the development of intestinal villi, metabolism, and performance of one- to forty-day-old broiler chickens. Revista Brasileira de Zootecnia, 45(9): 524-531, 2016.

Downloads

Publicado

2021-07-06

Edição

Seção

Produção Animal