Diálogos entre a poesia de Helena Kolody e a pintura de Miguel Bakun

Vanderlei Kroin, Antonio Donizeti da Cruz

Resumo


Este trabalho tem por objetivo traçar um comparativo interartístico entre poesia e pintura, a partir da obra produzida pelos artistas brasileiros, a poeta Helena Kolody e o pintor Miguel Bakun. Sabe-se da importância do aspecto visual na sociedade contemporânea e do saliente flashs de imagens despertadas pela poesia. Desse modo a relação e confluências entre as duas artes se caracteriza como importante, porque ambas são construções humanas, que expõe e refletem a sociedade em que se inserem e ao mesmo tempo são refletidas por ela.  Com pressupostos teóricos da Literatura e estudos comparados será observado como se dá a relação entre homem e natureza, bem como esta é caracterizada no conjunto da obra dos referidos artistas.


Palavras-chave


Kolody. Bakun; Literatura Comparada; Natureza; Imagem

Texto completo:

PDF

Referências


BOSI, Alfredo. Reflexões sobre a arte. 7. ed. São Paulo: Ática, 2000. (Fundamentos)

CARVALHAL, Tânia Franco. Literatura Comparada. São Paulo: Ática, 1986.

CORTEZ, Clarice Zamorano. Literatura e pintura. In: BONNICI, Thomas e ZOLIN, Osana, Lúcia Osana (Org.). Teoria literária: abordagens históricas e tendências contemporâneas. 3. ed. Maringá: EDUEM, 2009. (p. 355-368).

CRUZ, Antonio Donizei da. O universo imaginário e o fazer poético de Helena Kolody. Cascavel/PR: Edunioeste, 2012.

DA VINCI, Leonardo. Os escritos de Leonardo da Vinci sobre a arte da pintura. Eduardo Carreira (Org.). Brasília: Editora Universidade de Brasília: São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, 2000.

FREITAS, Artur. Miguel Bakun e a dispersão da paisagem. In: PROLIK, Eliane (org.). Miguel Bakun: a natureza do destino. Curitiba: Edição do autor, 2009. (p. 87-95).

HORÁCIO. Arte Poética. In: Aristóteles, Horácio e Longino: a poética clássica. Introdução por Roberto de Oliveira Brandão; tradução direta do grego e do latim por Jaime Bruna. 7. ed. São Paulo: Cultrix, 1997. (p. 53– 68).

KOLODY, Helena. Sinfonia da vida. Tereza Hatue de Rezende (org). Curitiba: Letraviva, 1997.

______. Infinita Sinfonia. Organização e coordenação de Adélia Maria Woellner. Curitiba: Edição do autor, 2011.

LESSING, Gotthold Ephraim. Laocoonte ou sobre as fronteiras da pintura e da poesia. Introdução, tradução e notas de Márcio Seligmann. São Paulo: Iluminuras, 2011.

MARQUES, Reinaldo. O comparatismo literário: teorias itinerantes. In: SANTOS, Paulo Sérgio Nolasco dos (Org.). Literatura Comparada: interfaces e transições. Campo Grande/MS: UCDB/UFMS, 2001. (p. 49-58)

MUHANA, Adma. Poesia e Pintura ou Pintura e Poesia. Tratado seiscentista de Manuel Pires de Almeida. Tradução do latim de João Ângelo Oliva Neto. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo/Fapesp, 2002.

MUSEU OSCAR NIEMEYER. (Brasil). Miguel Bakun na beira do mundo. Catálogo. Curitiba, 2010. 120 p. catálogo da exposição comemorativa ao centenário de nascimento do artista, 15 de abril de 2010 a 29 de agosto de 2010.

NITRINI, Sandra. Literatura Comparada: História, Teoria e Crítica. 3. ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2010.

PROLIK, Eliane (org.). Miguel Bakun: a natureza do destino. Curitiba: Edição do autor, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Entheoria: Cadernos de Letras e Humanas ISSN 2446-6115

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores: 

Departamento de Letras e Artes - Programa de Pós-graduação em Estudos Literários - UEFS (http://www2.uefs.br/ppgldc/revistas.html)