Pelas lentes do anjo pornográfico

Nelson Rodrigues e uma leitura expressionista

Autores

  • Samantha Lima de Almeira Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Brasil.

Palavras-chave:

Dramaturgia, Nelson Rodrigues, Teatro expressionista, Tragédia

Resumo

Este trabalho toma como corpus a peça Os sete gatinhos, do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues, e a analisa segundo uma leitura expressionista. Tendo como base a dramaturgia do autor e a postura estética por ele assumida, o objetivo deste artigo é identificar os elementos literários que aproximam esta peça à poética expressionista e a distanciam das tragédias (aristotélicas), gênero ao qual se integra na divisão mais notória da dramaturgia rodrigueana. Para tal, foram utilizados Castro (2014), Fischer (2009) e Facina (2004), como base à análise das autoimagens criadas pelo escritor, produtos do esforço de inserção na intelectualidade da época; Magaldi (1992, 2004), essencial à compreensão da dramaturgia rodrigueana; Aristóteles (2010), que dá conta do conceito e caracterização das tragédias; além de Magaldi (2012), Roubine (2003), Fraga (1998) e Vasques (2007), que fundamentam as definições de teatro grego e expressionista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Samantha Lima de Almeira, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Brasil.

Doutoranda em Teoria da Literatura pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), graduada emLicenciatura Plena em Letras Português/Espanhol pela Universidade Federal Rural de Pernambuco(UFRPE) – e-mail: samanthalimaalmeida@gmail.com. 

Referências

ARISTÓTELES. A poética. 8 ed. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 2010.

CASTRO, Ruy. O anjo pornográfico: a vida de Nelson Rodrigues. 2 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

CAMPOS, Paulo Mendes. Prefácio. In: RODRIGUES, Nelson. Os sete gatinhos. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1980.

DOSTOIÉVSKI, Fiódor. Os irmãos Karamazov. São Paulo: Editora Abril Cultural, 1970.

FACINA, Adriana. Santos e canalhas: uma análise antropológica da obra de Nelson Rodrigues. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 2004.

FRAGA, Eudinyr. Nelson Rodrigues expressionista. São Paulo: Ateliê Editorial, 1998.

GUÉNOUN, Denis. A exibição das palavras: uma ideia (política) do teatro. Rio de Janeiro: Teatro do Pequeno Gesto, 2003.

LIMA, Mariângela Alves de. Dramaturgia expressionista. In: GUINSBURG, Jacó (org.). O expressionismo. São Paulo: Editora Perspectiva, 2002. (p. 189-221)

MAGALDI, Sábato. Nelson Rodrigues: Dramaturgia e encenações. 2 ed. São Paulo: Editora Perspectiva, 1992.

MAGALDI, Sábato. Teatro da obsessão: Nelson Rodrigues. São Paulo: Global, 2004.

RIBEIRO, Roberto Mesquita. Jorge Andrade e o drama moderno no Brasil. Revista de história e estudos culturais, v. 2, n. 4, out./nov./dez. 2015. Disponível em:

http://www.revistafenix.pro.br/PDF5/DOSSIE%20-%20ARTIGO%204%20-%20ROBERTO%20MESQUITA.pdf. Acesso em: 28 jan. 2017.

RODRIGUES, Nelson. O óbvio ululante: primeiras confissões. São Paulo: Companhia das letras, 1993.

RODRIGUES, Nelson. O reacionário – memórias e confissões. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

RODRIGUES, Nelson. Teatro completo de Nelson Rodrigues. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1985.

ROUBINE, Jean-Jacques. Introdução às grandes teorias do teatro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2003.

VASQUES, Eugênia. Expressionismo e teatro. Escola superior de Teatro e Cinema, 2007. Disponível em: http://hdl.handle.net/104000.21/412. Acesso em: 28 jan. 2017.

Downloads

Publicado

2022-04-29

Como Citar

Almeira, S. L. de . (2022). Pelas lentes do anjo pornográfico: Nelson Rodrigues e uma leitura expressionista. Encontros De Vista, 27(1), 56–69. Recuperado de http://ead.codai.ufrpe.br/index.php/encontrosdevista/article/view/4946

Edição

Seção

Artigos