O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO NA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE CULTURAL: ALGUMAS REFLEXÕES

Débora da Silva Ferreira, Taynah de Brito Barra Nova

Resumo


Este artigo parte de reflexões surgidas do trabalho de conclusão de curso para a graduação de Licenciatura em Pedagogia na UFRPE/UAG. A pesquisa foi executada em duas escolas da rede pública da cidade de Garanhuns-PE, com o objetivo de analisar como é tratada a Identidade Cultural no Projeto Político Pedagógico (PPP) das instituições de ensino. Analisamos os PPPs das escolas e entrevistamos representantes da gestão escolar das instituições para analisarmos se os seus discursos sobre identidade cultural coincidiam com a proposta apresentada em tais documentos. Os dados foram analisados à luz da Análise de Conteúdo, a partir das contribuições de Bardin (2004). Os resultados apontaram que o PPP das instituições se esforça para responder às determinações legais a ele inerentes. Em relação às determinações da LDB, os documentos foram fruto da participação de representantes da comunidade escolar. Considerando as orientações do PCN que trata diretamente da Pluralidade Cultural, identificamos nos documentos das escolas questões que abordam a Identidade Cultural, como a formação do cidadão crítico, a participação consciente, o estímulo à autonomia e a inserção do educando de forma ativa no mundo social; além de contemplar elementos da cultura local nos conteúdos da Educação Básica através do trabalho interdisciplinar e/ ou transversal. Nossos achados apontam para pesquisas futuras que se debrucem sobre as iniciativas de efetivação das propostas expostas nos PPPs, a fim de analisarmos se as intenções apresentadas nos projetos são norteadoras das ações políticas pedagógicas das instituições ou apenas respostas às exigências legais.

Palavras-chave


Identidade Cultural; Projeto Político Pedagógico; Escola

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, M. A. LEMOS, J. M. de O. A cultura popular, em uma perspectiva artística, na formação cidadã e identitária. In: IV Encontro de Pesquisa Educacional em Pernambuco – Caruaru 2012. Anais do evento. Recife: FUNDAJ, 2012.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Editora Edições 70, 2004.

BOLDRIN, L. C. F. Cultura, sociedade e currículo: Dimensões sócio-culturais do currículo. Ensino em Re-vista. v. 8, n. 1, jul/jun, 2000.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Pluralidade Cultural e Orientação Sexual. Brasília: DF/ MEC, 2001.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, Senado Federal, 1988.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em:. Acesso em: 25 jun. 2015.

FLEURI, R. M. Políticas da diferença: para além dos estereótipos na prática educacional. 2006. Disponível em:

script=sci_arttext&pid=S010173302006000200009&lng=pt&nrm=isso>. Acesso em: 19 jul. 2015.

GOLÇALVES, A. F. Sobre o conceito de cultura na Antropologia. Cadernos de Estudos Sociais. Recife: v. 25 n. 1, jan/jun; 2010, p. 61-74.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 11, ed., 1. Reimp. Rio de Janeiro: DP&A, 2011.

LARAIA, R. de B. Cultura: Um conceito antropológico. 14. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.

MOREIRA, A. F. B.; CANDAU, V. M. Educação escolar e cultura(s): construindo caminhos. 2003. Disponível em:. Acesso em: 30 nov. 2012.

MOREIRA, A. F. B.; MACEDO, E. Currículo, identidade e diferença. In: MOREIRA, A. F. B.; MACEDO, E. (Orgs.). Currículo, práticas pedagógicas e identidades. Porto: Porto, 2002.

PEREIRA, S. M.; BECKER, A. O Projeto Político Pedagógico e a construção da identidade escolar. Revista: Contexto e Educação – Ijuí, RS: UNIJUÍ, n. 67, Jul./Set. 2002, p. 81 – 100.

SILVA, T. T. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

STOER, S. R.; CORTESÃO, L. Levantando a pedra: Da pedagogia inter/multicultural às políticas educativas numa época de transnacionalização. Porto: Afrontamento, 1999.

VEIGA, I. P. A. (Org.). Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. Papirus, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Débora da Silva Ferreira, Taynah de Brito Barra Nova

Licença Creative Commons