UM INVENTÁRIO SOBRE O LIVRO DIDÁTICO REGIONAL: O QUE DIZEM AS PESQUISAS ACADÊMICAS

Danielle da Silva Ferreira

Resumo


Esse texto tem por objetivo caracterizar o escopo epistemológico que cerca a concepção de livro didático regional de História, bem como analisar as formas como os objetos culturais “livro didático” e “livro didático regional” aparecem nas pesquisas acadêmicas de 2008 à 2013. Partimos do pressuposto de que esse tipo de pesquisa faz-se ausente do cenário acadêmico, tendo em vista estudos anteriores, como de Caimi (2013), que já anunciavam a carência de investigações sobre publicações didáticas regionais no cenário analítico cadêmico brasileiro. Constatamos, a partir de pesquisa em base de dados online, que as obras didáticas regionais, enquanto espaço de criação simbólica, de produção histórica humana e de registro de narrativa didática/histórica, apresentam-se como um campo frutífero de inquirições, especialmente por confirmarmos sua falta no cenário atual. Registramos a importância desse estudo para que demais pesquisadores atentem para este silêncio historiográfico e que, nessa premissa, o livro didático e o livro didático regional possam se consolidar cada vez mais como objeto de investigação pedagógica e histórica.

Palavras-chave


Anos iniciais; Ensino de História; Livro didático Regional.

Texto completo:

PDF

Referências


BATISTA, Antônio Augusto Gomes. Recomendações para uma política pública de livros didáticos. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Fundamental, 2001.

BLOCH, Marc. Apologia da história ou o ofício do historiador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

BRASIL. Guia de livros didáticos: PNLD 2013: história. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2012.

CAIMI, Flávia. O que sabemos (e o que não sabemos) sobre o livro didático de história: estado do conhecimento, tendências e perspectivas. In: GALZERANI, Maria Carolina Bovério; BUENO, João Batista Gonçalves; PINTO JR, Arnaldo. Paisagens da Pesquisa Contemporânea sobre Livro Didático de História. Campinas: UNICAMP, 2013.

CERTEAU, Michel de. A Escrita da história. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1982.

FERREIRA, Danielle da Silva. Patrimônio Cultural Pernambucano nos Livros Didáticos de História Regional: tecendo a formação histórica nos anos iniciais da educação básica. Recife: UFRPE, 2015. 198f.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Editora da UNICAMP. 2003. p. 548-49.

LIMA, Marta Margarida de Andrade. A cultura local e a formação para a cidadania nos livros didáticos regionais de história. In. OLIVEIRA, Margarida Dias de. STAMATTO, Maria Inês Sucupira (Org). O livro didático de história: políticas educacionais, pesquisas e ensino. Natal: EDUFRN, 2007. p. 182.

NIKITUIK, Sonia Maria Leite. Por que Livros Regionais de História? In: OLIVEIRA, Margarida Dias de. STAMATTO, Maria Inês Sucupira (Org). O livro didático de história: políticas educacionais, pesquisas e ensino. Natal: EDUFRN, 2007.

OLIVEIRA, Sandra Regina Ferreira. CAIMI, Flávia Eloisa. A História ensinada na escola: É possível pensar/agir a partir do todo? Campo Grande: Revista Interações, v15, n. 1, p. 89-99, jan/jun. 2014.

OLIVEIRA, Sandra Regina Ferreira. CAIMI, Flávia. Entre Paulas, Martas, Pedros, Anas... para entender as complexas relações sujeitos/saberes no contexto da aprendizagem histórica. Antíteses, v. 6, n. 12, p. 148-167, jul./dez. 2013.

SOARES, Jandson Bernardo; SOUZA, Wendell de Oliveira. Memorial do PNLD: Elaboração, Natureza e Funcionalidade. In: Anais eletrônicos da XIX Semana de Humanidades. Natal, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Danielle da Silva Ferreira

Licença Creative Commons