CURSO DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PARA MONITORES DA UFAPE: CONTRIBUIÇÕES ACADÊMICAS E PROFISSIONAIS

Autores

  • Rosinalda Aurora de Melo Teles Universidade Federal de Pernambuco/Desenvolvendo Projeto de Colaboração Técnica na UFAPE
  • Murilo Chavedar de Souza Araújo Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE)
  • Sílvia Elaine Rodolfo de Sá Lorena Universidade Federal do Agreste de Pernambuco
  • Fernando F.S Dias Universidade Federal do Agreste de Pernambuco

Palavras-chave:

Comissão de Ensino. Monitores. Formação pedagógica. Docente

Resumo

Nesse artigo a partir da experiência vivenciada no projeto de ensino coordenado pela Comissão de Ensino, em parceria com a Coordenação Geral de Cursos de Graduação, da Unidade Acadêmica de Garanhuns (UFRPE), atual Universidade Federal do Agreste de Pernambuco - UFAPE, em 2019, analisam-se as contribuições do curso para formação dos monitores para a formação acadêmica e profissional dos estudantes participantes do evento. Adota como fundamentação teórica os estudos de Lee Shulman que investigam conhecimentos necessários para o ensino. Os dados foram coletados por meio de um formulário on-line composto, em sua maior parte, por perguntas que deveriam ser respondidas atribuindo pontuação de 1 a 5, utilizando a escala de Likert. O perfil dos participantes foi diversificado, incluindo discentes ligados aos programas de monitoria e tutoria bolsistas ou voluntários. As motivações, indicadas pelos discentes participantes do curso, para ingresso nos programas de monitoria ou tutoria estão alinhadas com as definidas na resolução UFRPE 262/2001. Os participantes citaram positivamente a relação dos temas tratados com as atividades práticas da monitoria destacando-se o estímulo à profissão docente, especialmente ao contribuir para o desenvolvimento de conhecimentos pedagógicos, sobre avaliação; aprendizagem; metodologias de ensino, entre outros, importantes aspectos para a profissionalização docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosinalda Aurora de Melo Teles, Universidade Federal de Pernambuco/Desenvolvendo Projeto de Colaboração Técnica na UFAPE

Doutora em Educação pela UFPEProfessora Associada da UFPE/Desenvolvendo Projeto de Colaboração Técnica na UFRPE/UAG - Curso de PedagogiaDocente do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica - EDUMATECDiretora Regional da Sociedade Brasileira de Educação Matemática -PEMembro da Comissão de Ensino da UFAPE

Murilo Chavedar de Souza Araújo, Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE)

Mestre em Matemática, na área de geometria diferencial  pela Universidade Federal da Paraíba. Professor assistente na UFAPE. Presidente da Comissão de Ensino da UFAPE. Coordenador do Curso de Formação de Monitores.

Sílvia Elaine Rodolfo de Sá Lorena, Universidade Federal do Agreste de Pernambuco

Doutorado na área de Anestesiologia e manejo da dor em grandes e pequenos animais pela FMVZ UNESP Botucatu. Professora Adjunto de Farmacologia e Anestesiologia da UFAPE. Vice-presidente da Comissão de Ensino da UFAPE.

Fernando F.S Dias, Universidade Federal do Agreste de Pernambuco

Doutor em Engenharia química, na área de tratamentos de efluentes da indústria através de processos oxidativos  pela Universidade Federal de Pernambuco. Professor adjunto na UFAPE. Membro da Comissão de Ensino da UFAPE.

Referências

BALL, D. L; THAMES, M; PHELPS, G. Contente Knowledge for teaching: what makes it especial? Journal of Teacher Education, New York, v. 59, n. 5, 389-407, Nov/Dez, 2008.

BARROS, Ana Paula de Araújo Cavalcanti de. Conhecimento de professores alfabetizadores sobre a utilização e jogos no ensino de matemática. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática e Tecnológica. UFPE, Recife, 2016. Disponível em https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/29223/1/DISSERTA%c3%87%c3%83O%20Ana%20Paula%20de%20Araujo%20Cavalcanti%20de%20Barros.pdf acessado em 29/02/2020 às 11h

BRASIL, Lei nº 13.651, de 11 de abril de 2018. Cria a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar), por desmembramento da Universidade Federal do Piauí (UFPI), e cria a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape), por desmembramento da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2018/Lei/L13651.htm acessado em 14/05/2020 as 10h30.

LDB: Lei de diretrizes e bases da educação nacional. – Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2017. Disponível em https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/529732/lei_de_diretrizes_e_bases_1ed.pdf acessado em 07/03/2020 às 15h

SHULMAN, L. S. Paradigms and research programs for the study of teaching. In. WITTROCK, M. C. (Ed). The Handbook of Research on Teaching. 3ª. Edition. New York. Macmillan, 1986.

TELES, R. A.M. CONHECIMENTOS DOCENTES X DECISÕES DIDÁTICAS: possíveis reflexões no processo de avaliação da aprendizagem. In: Anais do VIII Encontro Mineiro de Educação Matemática (EMEM). Ituiutaba: Sociedade Brasileira de Educação Matemática - Regional Minas Gerais, 2018. v. único. p. 1-12. Disponível em: https://app.eventmaster.com.br/event/viiiemem/site/embed/ANAIS.pdf (p. 82 a 92) acessado em 29/02/2020 às 11h30

UFRPE, RESOLUÇÃO 262/2001. Revoga as Resoluções Nºs 130/88 e 035/2001 deste conselho, regulamenta o Programa de Atividade de Monitoria na UFRPE e altera a redação dos Artigos 136 e 137 do Regimento Geral da UFRPE. Disponível em: http://ww3.uag.ufrpe.br/content/monitoria acessado em 09/05/2020 as 16h30.

Downloads

Publicado

2020-12-29

Edição

Seção

Artigos