O USO DA PORCENTAGEM EM PRÁTICAS SOCIAIS: UMA EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO NO ENSINO FUNDAMENTAL

Ialle Juliana Marques Andrade, Isac Nascimento Silva

Resumo


Este trabalho tem o intuito de descrever as experiências vivenciadas no estágio obrigatório do Curso de Licenciatura Em Pedagogia Da Unidade Acadêmica de Garanhuns/ UAG. Tendo como objetivo central auxiliar os alunos na compreensão dos fundamentos da porcentagem dando ênfase em situações cotidianas, se colocou em prática uma sequência didática que ocorreu em três momentos em uma turma de quinto ano de uma escola pública municipal de Garanhuns. Foram utilizados diversos recursos lúdicos (quiz, jogo de tabuleiro, desafio com vídeos animados e a simulação de atividades comerciais) com a finalidade de tornar a aprendizagem mais significativa para os estudantes A ludicidade foi um fator primordial para a manutenção do interesse dos alunos, visto que a temática já tinha sido trabalhada pela professora regente da turma e mesmo assim ainda existiam várias lacunas a serem preenchidas. Com essas atividades conseguimos que a temática dialogasse com as vivências dos alunos ofertando assim importantes contribuições para a aprendizagem desses.


Palavras-chave


Porcentagem. Estágio Curricular. Situações Cotidianas. Ensino de Matemática

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 23 dez.1996.

CARRAHER, T. N., CARRAHER, D. W., e SCHLIEMANN, A. D. Na vida dez, na escola zero. São Paulo: Cortez, 1988.

CRUZ. S. P. DA S; NETO. J. B. A polivalência no contexto da docência nos anos iniciais da escolarização básica: refletindo sobre experiências de pesquisas. Revista Brasileira de Educação v. 17 n. 50 maio-ago. 2012.

D’AMBROSIO, U. Etnomatemática: elo entre as tradições e a modernidade. 4ª. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2011 (Coleção Tendências em Educação Matemática). ISNN

FIORENTINI, D.; MIORIM, M.A. Uma reflexão sobre o uso dos materiais concretos e jogos no ensino da matemática. Boletim da Sociedade Brasileira de Educação Matemática, São Paulo: SBEM-SP, n.7, p. 5-10,1990.

FONTANA. R.A.C. Estágio Curricular nos anos iniciais do ensino fundamental- Apontamentos sobre o processo de inserção no campo de estágio. Olh@res, Guarulhos, v.1, n.1, p. 141-162, maio. 2013.

GIROTTO, C.G.G.S; CASTRO, R.M. O estágio curricular e a didática na formação de professores: desafios e possibilidades. Educação, Santa Maria, v.38, n.1, p.177-190, jan. /abr.,2013. Disponível em:

>. Acesso: 28 agosto 2017.

MARQUES; HARTMANN. ETNOMATEMÁTICA: ESTUDO DE CONHECIMENTO DE SUAS DIMENSÕES NO CONTEXTO PEDAGÓGICO Universidade Federal do Pampa – Campus Caçapava do Sul Curso: Licenciatura em Ciências Exatas – Semestre: 02/2014

Portal Racha Cuca. Disponível em: . Acessado em 13 de novembro de 2017.

PORCENTAGEM. In: DICIONÁRIO Aurélio. Disponível em: . Acessado em 28 de Dezembro de 2017.

SAVATER, Fernando. O valor de educar. Tradução Mônica Stahel. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

YouTube. Disponível em Acessado em 26 de Novembro de 2017.

YouTube. Disponível em Acessado em 19 de Novembro de 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Ialle Juliana Marques Andrade, Isac Nascimento Silva

Licença Creative Commons