VAI UM CAFEZINHO AÍ? UMA ANÁLISE DO CULTIVO DE CAFÉ SEGUNDO O CENSO AGROPECUÁRIO DE 2017.

Autores

  • LARISSA DULCE ANTUNES UFVJM

Palavras-chave:

Café, Brasil, Minas Gerais, Censo Agropecuário de 2017

Resumo

Este trabalho tem como finalidade analisar o cultivo de café no Brasil, em Minas Gerais e em especial na Mesorregião do Noroeste e do Vale do Jequitinhonha e Mucuri. Esta cultura é de extrema importância na produção do campo, pois contribui efetivamente para o PIB do país, e para a economia do estado mineiro. A importância econômica se reflete em outros âmbitos como a importância política e estratégica destes espaços produtivos. Nossa proposta é construir uma análise a partir do banco de dados disponibilizado pelo Censo Agropecuário de 2017, último censo realizado em território brasileiro. As conclusões apontam para a presença de uma estrutura agrária desigual que interfere diretamente na forma de produção do café no território analisado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAPTIST, Edward E. A segunda escravidão e a Primeira República americana. Almanck.

Guarulhos, n. 5, p. 5-41, 1 sem. 2013.

BEIGUELMAN, Paula. A formação do povo no complexo cafeeiro: aspectos políticos. 3.

ed. São Paulo: Edusp, 2005.

ESTADO DE MINAS GERAIS. Regiões de planejamento. 2016. Disponível em:https://www.

mg.gov.br/conteudo/conheca-minas/geografia/regioes-de-planejamento. Acesso em: 06

maio. 2019.

DRUMMOND, MARTINS, MACHADO, ALMEIDA e ANTONNI. MAPA DA

BIODIVERSIDADE EM MINAS GERAIS. Belo Horizonte, 2005. Disponível em:

<http://www.biodiversitas.org.br/atlas/socioeconomia.pdf> Último acesso: 09 de jun de

GONÇALVES, Eloísa Dias. A contribuição dos movimentos sociais para a efetivação da

educação do campo: a experiência do Programa Nacional de Educação na reforma

agrária. Revista Educação e Sociedade, Campinas, v.37, n.135, p.371-389, abr./jun. 2016.

Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v37n135/1678-4626-es-37-135-00371.pdf.

Acesso em: 17 de março de 2019.

GRISA, C.; SCHNEIDER, S. Tre?s Gerac?o?es de Poli?ticas Pu?blicas para a Agricultura

Familiar e Formas de Interac?a?o entre Sociedade e Estado no Brasil. 2014. Disponível

em: http://www.scielo.br/pdf/resr/v52s1/a07v52s1.pdf.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário. Brasília. 2017.

Disponível em:https://censos.ibge.gov.br/agro/2017. Acesso em: 06 maio. 2019.

MOREIRA, Antônio Carlos. História do Café no Brasil. São Paulo: Panorama Rural, Magma

Editora Cultural, 2007.

Mapa representativo dos produtores de café. Rural Pecuária, São José do Rio Preto,

de mai. de 2005. Disponível em: < http://ruralpecuaria.com.br/tecnologia-e-manejo/cafe/

brasil- mapa-representativo-das-regioes-produtoras-de-cafe.html>. Acesso em: 09 de jun.

de 2019.

O café de menor custo no Brasil é produzido pela agricultura familiar. Secretaria de

Agricultura Familiar e Cooperativismo. Distrito Federal. 21 de Julho de 2016. Disponível

em:< http://www.mda.gov.br/sitemda/noticias/o-caf%C3%A9-de-menor-custo-dobrasil-

%C3%A9-produzido-por-agricultores-familiares.> Acesso em 09 de jun. de 2019.

Agricultura familiar é o maior produtor de alimentos. Secretaria de Agricultura Familiar

eCooperativismo. Distrito Federal. 21 de Julho de 2019.

Disponível em: http://www.mda.gov.br/sitemda/noticias/agricultura-familiar-dobrasil-%C3%A9- 8%C2%AA-maior-produtora-de-alimentos-do-mundo Acesso em 09 de jun.

de 2019

Agricultura Familiar. Companhia Nacional de Abastecimento. Distrito Federal. 8 de

set de 2017.Disponível em: https://www.conab.gov.br/. Último acesso: 09 de jun de

Base da economia do Sul de minas, Café movimenta R$ 7 bilhões ao ano. Sociedade

Nacional da Agricultura. 04 de Abr de 2017. Disponível em: <https://www.sna.agr.br/baseda-economia-no-sul-de-minas-cafe-movimenta-r-7-bilhoes-ao-ano/> . Último acesso: 09

de jun de 2019.

ORTEGA e JESUS. Território café do Cerrado: transformações na estrutura produtiva e

seus impactos sobre o pessoal ocupado. Revista de Economia e Sociologia Rural. Setembro

de 2011. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-

> Último acesso: 09 de jun de 2019

REDIM, Ezequiel. Unaí é o maior produtor de soja do Estado de Minas Gerais. 16 de Ago

de 2018. Disponível em: <http://ezequielredin.blogspot.com/2018/08/unai-e-o-maiorprodutor-de-soja-no.html>. Último acesso: 09 de jun de 2019

PASTANA, MOURA, SOCARRÁS e HADDAD. Mapa do desenvolvimento da pecuária

leiteira no estado de Minas Gerais, Brasil: nova abordagem na pecuária para integração

Espacial de variáveis produtivas. 2014. Disponível em:

<http://www.scielo.br/pdf/abmvz/v66n4/0102-0935-abmvz-66-04-01147.pdf > Último

acesso: 09 de jun de 2019

A safra paulista de café cresce mais de 29%. CONAB. Agência Brasil. 05 de Dez de 2018.

Disponível em: <http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-12/safrapaulista-de- cafe-cresce-mais-de-29> Último acesso: 09 de jun de 2019.

Downloads

Publicado

2022-02-07

Como Citar

ANTUNES, L. D. (2022). VAI UM CAFEZINHO AÍ? UMA ANÁLISE DO CULTIVO DE CAFÉ SEGUNDO O CENSO AGROPECUÁRIO DE 2017. Revista Cadernos De Ciências Sociais Da UFRPE, 1(18), 105–129. Recuperado de http://ead.codai.ufrpe.br/index.php/cadernosdecienciassociais/article/view/4249