História Cruzadas: vivencias entrelaçadas de docentes e discentes nos 30 anos do Curso de Ciências Sociais-UFRPE

Autores

  • Maria do Rosário de Fátima Andrade Leitão Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Palavras-chave:

Ciências Sociais, Ensino, Pesquisa, Extensão.

Resumo

O artigo consiste em um resgate do curso de bacharelado de Ciências Sociais da UFRPE, elaborado a partir do fio condutor vivências coletivas de docentes e discentes no que se refere a ensino, pesquisa e extensão. A narrativa está fundamentada nas em documentos e memórias. Buscou-se a partir de fragmentos visibilizar pessoas, atividades e parcerias desde a gênese do curso, estabelecendo diálogos com a pesquisa, a interdisciplinaridade, a internacionalização; a extensão universitária como uma forma de estar presente em outras territorialidades; em síntese realizar a partir de um lugar de fala um balanço dos 30 anos de Ensino,  pesquisa e  extensão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria do Rosário de Fátima Andrade Leitão, Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

UFRPE/DECISOMaria do Rosário de Fátima Andrade Leitão - CV: http://lattes.cnpq.br/8086721690207482Doutora em Estudios Iberoamericanos - Universidad Complutense de Madrid (1998), mestre em Desenvolvimento Urbano - Universidade Federal de Pernambuco (1988) graduação em Arquitetura pela Universidade Federal de Pernambuco (1981). Pós-doutorado na UFSC , Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (2011-2012), Investigadora Visitante no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (2014). 

Referências

Referências

ASSUNCAO, V. K. ; Andrade Leitão, M.R.F. ; Pedro Henrique Dias Inácio . Comer mais e melhor: os impactos do programa bolsa família na alimentação de famílias de pescadoras artesanais de Pernambuco. Amazônica: Revista de Antropologia (Online), v. 4, p. 336-353, 2012

BOSSI, Ecléa. Entrevista realizada por Moacir Salomão Bruck. In: Dispositiva, v.1 n. 2, nov. 2012/ abr.2013, pp. 196 - 199.

BRASIL, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei número 9394, 20 de dezembro de 1996.

FOUCAULT, M. El orden del discurso. Barcelona. Tusquets, 1987.

GUIMARAES, S. R. ; LEITÃO, M. R. F. A. . Pesca artesanal: reflexões sobre políticas públicas na Colônia de Pescadores Z-33 em Porto Jatobá, Pernambuco. INTERAÇÕES, v. 21, p. 347-461, 2020.

HALBWACHS, M. A memória coletiva. São Paulo: Vértice/Revista dos Tribunais,

LEITÃO, M.R.F.A. Gênero e Cidadania: trabalho e meio ambiente. In Mulheres na atividade pesqueira no Brasil. Silvia Alicia Martinez e Luceni Hellebrandt (org.). Campos de Goytacazes. RJ: EDUENF,2019a, p. 141-162.

________. Memórias, mulheres e poder na presidência das Colônias de Pescadores/as em Pernambuco. In: Cultura [recurso eletrônico]: conceito sempre em desenvolvimento / Organizadora Solange Aparecida de Souza Monteiro. – Ponta Grossa, PR: Atena Editora, 2019b, p. 87-98.

_____________. Gênero e Cidadania: trabalho e meio ambiente. In: Mulheres na atividade pesqueira no Brasil. 1ed.Campos de Goytacazes: EDUENF, 2019b, v. 1, p. 141-162.

_____________; CRUZ, M. H. S. (Org.). Desafios dos feminismos, relações de gênero, trabalho. 1ª. ed. Recife: EDUFRPE, 2017. v. 01.

_____________. Gênero e pesca: o Conselho Pastoral da Pesca e sua. In: Saberes, narrativas e conflitos na pesca artesanal. (Org.). Saberes, narrativas e conflitos na pesca artesanal. 1ed.Vitoria: EDUFES, 2015a, v. 01, p. 139-160.

_____________. Encontros e Conversas: os pescadores e as pescadoras do rio Tejo e a cultura Avieira em Portugal. In: Elenise Faria Scherer. (Org.). Aqui estamos. Entre as águas das marés, águas dos rios, terras de trabalho na pesca artesanal. 1ed. Manaus: FAPEAM, 2015b, v. 01, p. 90-116.

_____________; Rial, Carmen (Org.) ; SILVEIRA, C. D. (Org.) ; GODIO, M. (Org.) ; BADEJJO, G. D. (Org.) ; VAILATI, A. (Org.) ; MILLER, F. S. (Org.) ; ALENCAR, E. F. (Org.) ; SOUSA, I. S. (Org.) ; GONCALVES, A. C. T. (Org.) ; DIOGENES, A. M. R. (Org.) ; SOARES, S. M. (Org.) ; SHERER, E. F. (Org.) . Pesca, Turismo e Meio Ambiente. 1. ed. Recife: Editora Universitária da UFRPE, 2014.

_____________. Relações de gênero e de poder na pesca artesanal em Pernambuco. In: Glaucia de Oliverira Assis; Luzinete Simões Minela; Susana Bórneo Funck. (Org.). Entre Lugares e Mobilidades:Desafios Feminista.. 1ed.Tubarão: Copiart, 2014, v. 03, p. 393-406.

_____________. GÊNERO, PESCA E CIDADANIA. Amazônica: Revista de Antropologia (Online), v. 5, p. 98-115, 2013a.

_____________; Lima, C. M. ; Pedro Henrique Dias Inácio . Gênero, Trabalho e Pesca Artesanal: troca de saberes entre academia e comunidades tradicionais. 305. ed. Recife: Editora Universitária da UFRPE, 2013b.

_____________. GÊNERO E TRABALHO:Oficinas com mulheres pescadoras do litoral ao sertão de Pernambuco. In: Elenise Sherer. (Org.). Trabalhadores e trabaladoras na pesca. 1ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2013c, v. 01, p. 51-78.

_____________. Movimentos sociais na pesca artesanal: a articulação das mulheres pescadoras de Pernambuco. In: ANGELO BRAS FERNANDES CALLOU. (Org.). Movimentos Sociais na Pesca.. 1ed.RECIFE: FASA, 2013d, v. 01, p. 201-222.

_____________; CRUZ, Maria Helena Santana . Gênero e Trabalho: diversidades de experiências em educação e comunidades tradicionais. 1. ed. Florianópolis: Editora das Mulheres, 2012.

_____________.. Gênero, trabalho e Políticas Públicas na Pesca Artesanal do Sertão de Pernambuco. Labrys (Editión Française. Online), v. 20-21, p. 1-20, 2011.

_____________. Gênero, geração e políticas públicas na pesca artesanal. In: Carmen Rial, Joana Maria Pedro e Silvia Maria Fávero.. (Org.). Diversidades: dimensões de gênero e sexualidade. Florianópolis: Mulheres, 2010, v. 01, p. 103-123.

_____________. Pesca & gênero: o papel das mulheres no desenvolvimento local. - Cartilha. Labrys (Editión Française. Online), v. 13, p. 1-12, 2008a.

_____________. A Ver-o-Mar , a construção do diálogo entre universidade e sociedade.. In: M. R. F. A. Leitão (Org.). Extensão Rural & Extensão pesqueira: Experiências Cruzadas. 1ed.: , 2008b, v. 1, p. 105-112.

._____________ Recife: La cotidianid obrera en el varguismo. In: Giselda Brito Silva; Suely Creusa Cordeiro de Almeida. (Org.). Ordem & Policia: controle político - social e formas de resistências em Pernambuco nos séculos XVIII ao XX. 1ºed.Recife: UFRPE, 2006, v. 01, p. 187-203.

_____________; ALMEIDA, M. G. A. A. . História nem sempre bem humorada de Pernambuco. 1. ed. Recife: Bagaço, 1999.

_____________. Organización territorial de Recife: el espacio urbano y el habitat obrero. Territorios (Bogotá), Colombia, v. 10-11, p. 215-228, 2004.

_____________. Recife em Imagens - tricentenario da Restauração Pernambucana - 1654 - 1954. In: Bogumila Lisocka-Jaegermann. (Org.). El Espacio en la Cultura Latinaamericana. Varsóvia: Editora da Universidade d eVarsóvia, 2002, v. 1, p. 151-161.

_____________. Recife de los años treinta: el discurso de una ciudad en proceso de modernización. In: Manuel Correia de Andrade; Eliane Moury Fernandes; Sandra Melo Cavalcanti. (Org.). Além do apenas moderno: Brasil séculos XIX e XX. Recife: Massangana, 2001, v. 1, p. 161-196.

_____________. Recife: características de la ciudad y de su entorno fabril. In: Andrzej Dembicz; Maria T. Toríbio B. Lemos. (Org.). El Espacio en la cultura latinoamericana - El Espacio en América Latina: el contrapunto entre lo local y lo global. 1 ed.Varsovia: CESLA - Universidade de Varsóvia, 2000, v. 06, p. 343-3_____________.. Recife: Los Centros Educativos Obreros Uma experiencia de proyecto educacional durante el Estado Novo - 1937 a 1945.. In: Andrzej Dembcz. (Org.). El Espacio en la cultura Latinoamericana / Dicionario Analítico. 1 ed.Varsovia: CESLA - Universidade de Varsovia, 1999, v. 05, p. 140-148.

_____________. El Mito de la Modernización en el varguismo - 1930 a 1945. In: Bogumila Lisocka-Jaegermann. (Org.). El Espacio en la Cultura Latinoamericna - Dicionario Analítico. 1ed.Varsóvia: CESLA - Universidade de Varsóvia, 1998, v. 4, p. 148-141.

_____________. Recife: Una ciudad inserta en el proyecto nacional. Modernización del Estado Novo (1937-1945). Revista do Arquivo Público, Recife, v. 42, n.47, p. 55-68, 1997ª.

. El hábitat obrero. In: Andrzej Dembicz. (Org.). El Espacio en la Cultura Latinoamericana - Dicionario Analítico. 1aed.Varsóvia: CESLA - Universidade de Varsóvia, 1997b, v. 02, p. 271-282.

_____________. El Obrero y la Prensa católica brasileña: 1935-1945.. In: José Luis García García. (Org.). Etnolinguística y Análisis del Discurso. 1aed.Zaragoza: Universidade de Zaragoza - Instituto Aragonés de Antropologia y Federación de asociaciones de Antrop, 1996, v. II, p. 43-50.

LIMA, C. M. ; LEITÃO, M. R. F. A. Transversalidade de Gênero e Políticas Públicas na cadeia produtiva da pesca artesanal nas comunidades de Brasília Teimosa e Itapissuma (PE/Brasil). Vivência: Revista de Antropologia, v. 1, p. 123-134, 2014.

MARTINS, C.; LEITÃO, M. R. F. A . Prédio Reitoria da UFRPE: Resgate Histórico1935-2009. 1. ed. Recife: Editora Universitaria da UFRPE, 2009. v. 1. 187p .

MENDONCA, M. C. L. ; LEITÃO, M. R. F. A. ; SILVA, E. M. A. . Educação superior sob a ótica da equidade e transversalidade de gênero. In: Alfrancio Ferreira Dias; Elza Ferreira Santos; Maria Helena Santana Cruz. (Org.). Gêneros, feminismo, poderes e políticas públicas: investigações Contemporâneas. http://editorarealize.com.br/revistas/ebook_redor/trabalhos/gt01.pdf. 1ed.Campina Grande: Realize, 2016, v. v.1, p. 428-438.

NASCIMENTO, D. S. ; LEITÃO, M. R. F. A. Futebol Feminino: o hábito não altera o gênero. In: Maria Mary Ferreira. (Org.). Conhecimento Feminista e Relações de Gênero no Norte e Nordeste Brasileiro. 1ed.Maranhão: NIEPEM, 2012, v. 01, p. 63-82.

NANES, G. (Org.) ; LEITÃO, M. R. F. A. (Org.) ; QUADROS, M. T. (Org.) . Gênero, Educação e Comunicação. 1. ed. Recife: UFPE e UFRPE, 2016. v. 01. 355p .

ORLANDI, Eni P. Análise de Discurso: princípios e procedimentos. Campinas, SP: Pontes Ed., 2001.

SOARES, M. C. F. ; LIMA, J. S. G. ; LEITÃO, M. R. F. A. . RELAÇÕES DE GÊNERO NA COMUNIDADE CIENTÍFICA BRASILEIRA: ANÁLISE DO ESPAÇO OCUPADO POR MULHERES NA SOCIEDADE BRASILEIRA PARA O PROGRESSO DA CIÊNCIA (SBPC) E PLATAFORMA LATTES. In: Alfrancio Ferreira Dias, Elza Ferreira Santos, Maria Helena Santana Cruz. (Org.). Gêneros, feminismo, poderes e políticas públicas: investigações Contemporâneas. 01ed.Campina Grande: Realize, 2016, v. o1, p. 3829-3839.

SOUSA, G. M. B. ; ALMEIDA, M. G. A. A. ; LEITÃO, M. R. F. A. . GÊNERO E ACESSO AO CRÉDITO RURAL NA ASSOCIAÇÃO MUNICIPAL MULHER FLOR DO CAMPO EM PERNAMBUCO. EXTENSÃO RURAL, v. 24, p. 31-47-47, 2017.

VAN DIJK, Tuen. A. Discurso e Poder. São Paulo: Contexto, 2008.

VEIGA, M. C. M. ; LEITÃO, M. R. F. A. . GÊNERO E POLÍTICA PÚBLICA: Programa Chapéu de Palha da Pesca Artesanal em São Jose da Coroa Grande? PE. REVISTA FEMINISMOS, v. 5, p. 53-66, 2017.

.

Downloads

Publicado

2021-04-13