EFEITO DE BACTÉRIAS SOBRE A BIOLOGIA DA TRAÇA DAS CRUCÍFERAS (Plutella xylostella) EM REPOLHO (Brassica oleraceae VAR. capitata) CV. MIDORI

Flávio Henrique Vasconcelos de Medeiros, Gil Silva, Reginaldo Barros

Resumo


A traça das crucíferas (DBM) Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae)é a praga mais importante do repolho no Brasil, podendo ser controlada pelouso de químicos e Bacillus thuringiensis, individualmente ou combinados emprograma de manejo integrado. Bactérias promotoras de crescimento deplantas (PGPR) podem ser uma importante nova alternativa para o controlebiológico de P. xylostella. Este trabalho objetivou estudar os efeitos de PGPRna biologia de DBM em repolho durante dois períodos de plantio Maio aJulho de 2000 (estação chuvosa) e Fevereiro a Maio de 2001 (estação seca).Sementes de repolho cv. Midori foram imersas durante 30 min em suspensõesbacterianas a A580 = 0,52 correspondendo a 108 unidades formadoras decolônias/mL, secas durante 12 h, semeadas em bandejas de poliestireno etransplantadas para 3 parcelas no campo em delineamento inteiramentecasualizado. Em diferentes dias após o transplantio (DAT) folhas de cadatratamento foram coletadas ao acaso e levadas ao laboratório, onde discos de8cm de diâmetro foram cortados e colocados em placas de Petri sobre papelde filtro. Dez larvas de DBM 1st instar, criadas em laboratório foram entãocolocadas para se alimentar sobre cada disco de folha. Após três dias, osdiscos foram trocados diariamente até a formação da pupa. Foram observadasmortalidade larval (LM) e viabilidade pupal (PV), duração larval (LD) e pupal(LP. Em ambos experimentos LM e PV foram significativamente elevadas ereduzidas pelos isolados ENF14 (Enterobacter cloacae), EN5 (Alcaligenes piechaudii)e EN4 (Kluyvera ascorbata). LM atingiu 60% comparada com 1,7% natestemunha. Na estação chuvosa, a proteção foi verificada entre 63 a 74 DAT. Na estação seca, o efeito foi menor e antecipado para o período entre45 a 60 DAT.

Palavras-chave


Controle biológico; Bactérias promotoras de crescimento de plantas; Plutella xylostella

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2013 Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

 

Correspondência Editorial
Academia Pernambucana de Ciência Agronômica
Biblioteca Central - UFRPE
Núcleo do Conhecimento Prof. João Batista Oliveira dos Santos
Romero Marinho de Moura
Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos - CEP: 52171-900 - Recife/PE
Telefone: 3320-6189
Emails: anaisapca@gmail.com
Site: www.apcagronomica.org.br