SUPERAÇÃO DE DORMÊNCIA EM DIÁSPOROS DE Tectona grandis

Lucas Aparecido da Silva Bezerra, Sérgio Andrey Furlan de Moraes, Glauce Portela de Oliveira

Resumo


A teca (Tectona grandis L. f.) possui uma germinação lenta e isso tende a ser uma das principais limitações para a produção de mudas. Embora inúmeros métodos estejam disponíveis, poucos estudos tem a capacidade de elucidar sistematicamente o efeito do aquecimento e da escarificação na quebra da dormência de seu diásporo. O objetivo foi avaliar a influência da escarificação mecânica e imersão em água quente para a superação da dormência de diásporo de teca. O experimento foi instalado em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos pré-germinativos, com quatro repetições de 50 diásporos, totalizando 200 amostras por tratamento. Os tratamentos para superação da dormência foram, testemunha, Imersão do diásporo em água quente a 100°C em 1 minuto, 5 minutos, 10 minutos e 15 minutos, além de escarificação dos diásporos. A primeira contagem de germinação foi realizada baseada no teste que apresentou o primeiro registro de plântulas normais, verificada 15 dias após a semeadura. O teste de Tukey a 5% de probabilidade indicou que o tratamento com imersão dos diásporos em água quente a 100ºC por 5 minutos, propiciou um percentual de emergência significativamente maior que os demais tratamentos, bem como para todas as variáveis  analisadas, o que acaba sendo uma forma mais viável, por decorrência de sua facilidade usual e economia na execução.


Palavras-chave


Escarificação; Teca; Temperatura; Germinação; Emergência

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, I. B.; PIÑA-RODRIGUES, F. C. M.; FIGLIOLIA, M. B. Sementes Florestais Tropicais. Abrates, Brasília, Distrito Federal. p.350, 1993.

ALVES, M. C. S. Superação de dormência em sementes de Bauhinia monandra Britt e Bauhinia ungulata L. – Caesalpinioideae. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v.22, n.2, p.139-144, 2000.

BENTES-GAMA, M. Orientações para pesquisa florestal em Rondônia. Porto Velho: Embrapa Rondônia Porto Velho, p.4 (Comunicado Técnico, 273), 2005.

CALDEIRA, S. F.; CALDEIRA, S. A. F.; ALBUQUERQUE, M. C. F. Comparação entre tratamentos pré-germinativos para análise de unidades de dispersão de teca, (Tectona grandis L. f.). Informativo ABRATES, p.272, 2001.

CALDEIRA, S.F.; CALDEIRA, S.A.F.; MENDONÇA, E.A.F.; DINIZ, N.N. Caracterização e avaliação da qualidade dos frutos de teca (Tectona grandis L. f.) produzidos no Mato Grosso. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v.22, n.1, p.216-224, 2000.

DIAS, J. R. M.; CAPRONI, A. L.; WADT, P. G. S.; SILVA, L. M.; TAVELLA, L.B.; OLIVEIRA, J. P. Quebra de dormência em diásporos de teca (Tectona grandis L. f.). Acta Amazonica, Manaus, v.39, n.3, p.551, 2009.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n.6, p.1039-1042, 2011.

FERREIRA R. F.; MENDONÇA A.P.; ARAUJO M.E.; RAMOS V.S.; NOVAES J.M.; CORTI A.M. Diásporos de teca submetidas a diferentes tratamentos pré-germinativos. Instituto Federal de Rondônia - IFRO, 2009. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2015.

FIGUEIREDO, E. O.; OLIVEIRA, A. D.; SCOLFORO, J. R. S. Análise econômica de povoamentos não desbastados de Tectona grandis L. f. na microrregião do baixo rio Acre. Cerne, Lavras, v.11, n.4, p.342-353, 2005.

FOWLER, A. J. P.; BIANCHETTI, A. Dormência em sementes florestais. Colombo: Embrapa Florestas, (Embrapa Florestas. Documentos, 40), p.27, 2000.

LAMPRECHT, H. Silvicultura nos trópicos: ecossistemas florestais e respectivas espécies arbóreas – possibilidades e métodos de aproveitamento sustentado. Eschborn: GTZ. 343p. 1990.

MACEDO, R. L. G.; VENTURIN, N.; GOMES, J. E.; OLIVEIRA, T. K. Dinâmica de estabelecimento de Teca (Tectona grandis L. f.) introduzida em cafezal na região de Lavras – Minas Gerais. O Brasil Floresta, Brasília, n. 73, p.31-38, 2002.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination-aid and in selection and evaluation for emergence and vigor. Crop Science, Madison, v. 2, n. 2, p. 176-177, 1962.

ROCHA R. B.; VIEIRA A. M.; SPINELLI V. M.; VIEIRA J. R. Caracterização de fatores que afetam a germinação de teca (Tectona grandis L. f.) temperatura e escarificação. Revista Árvore, Viçosa, v. 35, n.2, p.205-212, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

 

Correspondência Editorial
Academia Pernambucana de Ciência Agronômica
Biblioteca Central - UFRPE
Núcleo do Conhecimento Prof. João Batista Oliveira dos Santos
Romero Marinho de Moura
Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos - CEP: 52171-900 - Recife/PE
Telefone: 3320-6189
Emails: anaisapca@gmail.com
Site: www.apcagronomica.org.br