A Síntese Verde da Mentona - Uma Proposta Didática para o Ensino de Química Orgânica Experimental

Jailton Ferrari, Maria Helena Juvito Costa, Daniel Arnóbio Dantas Silva, Edvaldo Alves Silva Júnior

Resumo


Os avanços em tecnologias químicas ambientalmente benignas, um campo da química também conhecido como Química Verde, tem experimentado ao longo das últimas décadas um crescente nível de importância, tanto nos laboratórios universitários de pesquisa como nos de ensino.  Neste cenário, o emprego ou o desenvolvimento de reações orgânicas que minimizem o uso ou a geração de substâncias prejudiciais ao meio ambiente, tais como solventes orgânicos ou reagentes tóxicos, são fortemente estimuladas e, em particular, bastante desejadas nos experimentos didáticos para cursos de graduação. Neste sentido, o presente trabalho descreve a síntese verde da mentanona fazendo uso de reagentes ambientalmente benignos e baratos (mentol e hipoclorito de cálcio), bem como, de meio organo-aquoso para minimização da quantidade solvente orgânico empregado, com adaptações ao protocolo previamente descrito. O experimento oportuniza a discussão de conceitos importantes de Química Verde ao tempo em que também se presta adequadamente para o ensino de habilidades/procedimentos experimentais aos discentes. Ademais, o experimento também possibilita aos discentes refletir o quão útil é o emprego de espectroscopia no infravermelho e cromatografia de camada delgada como técnicas de identificação, bem como, a cromatografia em coluna como uma estratégia de separação/purificação.


Palavras-chave


Química Verde; Ensino de Química Orgânica; Mentona

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Jailton Ferrari, Maria Helena Juvito da Costa, Daniel Arnóbio Dantas da Silva, Edvaldo Alves Silva Júnior