Identificação de Compromissos Epistemológicos no Desenvolvimento Histórico do Conceito de Elemento

João Roberto Rátis Tenório da Silva, Natália Meirelles Silva

Resumo


O conceito de elemento pode ser considerado como estruturante, visto que possui um papel essencial para a compreensão da Química. É um conceito polissêmico, portanto, pode comportar possíveis zonas de um perfil conceitual. A partir dessa premissa, nesse artigo, tivemos como objetivo, identificar compromissos epistemológicos sobre o conceito de elemento no seu desenvolvimento histórico, com base na epistemologia de Gaston Bachelard. Utilizamos uma abordagem metodológica de caráter qualitativo a partir de uma análise da natureza das concepções históricas levantadas em fontes primárias e secundárias de História da Química. Consideramos as ideias mais frequentes apresentadas nos seguintes períodos históricos: Idade Antiga, Idade Média e nos séculos XVII, XVIII, XIX e XX. Os compromissos identificados foram realista, animista, substancialista, racionalista e ultrarracionalista, os quais estão presentes em outros perfis encontrados na literatura, como o de Calor, Substância e Molécula.


Palavras-chave


elemento, perfil conceitual, epistemologia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 João Roberto Rátis Tenório da Silva, Natália Meirelles Silva