Automedicação e Descarte de Medicamentos: Conscientizando a partir da Interação com a Comunidade

Denis da Silva Garcia, Fernanda Hart Garcia, Angela Regina Almeida, Carla Zimmermann Tuzin Santos, Jaíne Santos de Moura

Resumo


O uso indiscriminado de medicamentos e o seu descarte incorreto tem se caracterizado como um grave problema, tanto para a saúde quanto para o meio ambiente. Preocupados em contribuir com a mudança deste cenário, o desenvolvimento do projeto de extensão ―descarte de medicamentos e automedicação: o uso consciente pode salvar vidas‖ visa conscientizar as
famílias sobre a importância dos cuidados de armazenamento/conservação, uso indevido (automedicação) e os procedimentos corretos para o descarte dos medicamentos com prazo de validade vencidos. As ações ocorreram por meio de visitas e aplicação de questionário nas famílias moradoras do bairro Bettim, da microárea 49 da Estratégia de Saúde da Família (ESF 9), do município de São Borja, o qual tem em torno de 50 famílias cadastradas. Foi
possível verificar que a maioria da população possui hábitos inadequados para o consumo e descarte de medicamentos, sendo necessárias ações constantes de conscientização.


Palavras-chave


Saúde, ambiente, perigo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Denis da Silva Garcia, Fernanda Hart Garcia, Angela Regina Almeida, Carla Zimmermann Tuzin Santos, Jaíne Santos de Moura