Modelagem hidrológica sob mudanças na cobertura vegetal de uma bacia hidrográfica no Nordeste do Brasil

Carolyne Wanessa Lins de Andrade, Suzana Maria Gico Lima Montenegro, José Romualdo de Sousa Lima, Abelardo Antônio de Assunção Montenegro, Adriana Guedes Magalhães

Resumo


Modificações na cobertura vegetal do solo em bacias hidrográficas podem ocasionar alterações nas componentes hidrológicas. O objetivo do trabalho foi avaliar os processos hidrológicos sob diferentes condições de cobertura vegetal na Bacia Hidrográfica do Rio Mundaú (BHRM), Nordeste do Brasil, utilizando o modelo SWAT. Para a simulação hidrológica, foram considerados dois cenários (C1 – uso atual) e C2 (substituição de áreas agrícolas por Caatinga). Foram utilizados dados de entrada como mapa de uso e ocupação do solo, mapa digital de elevação e mapa dos tipos de solo, além de uma série de 17 anos de dados, em passo de tempo diário. A precipitação anual média da BHRM foi 1.109,7 mm, a evapotranspiração potencial anual foi 1.247,7 mm e a ascensão do aquífero raso foi de 24,94 mm por ano, em parte da bacia. O escoamento superficial anual para o cenário C1 foi igual 262,62 mm e para o cenário C2 igual a 257,49 mm. Os valores de percolação e recarga anuais foram de 302,78 e 15,14 mm para o cenário C1 e de 306,73 e 15,34 mm para o cenário C2. A evapotranspiração real anual para o cenário C1 resultou em 548,2 mm e para o cenário C2 em 549,3 mm. A mudança de uso do solo exerceu influência no regime hidrológico da Bacia do Rio Mundaú. A implantação de vegetação Caatinga em áreas agrícolas proporcionou redução no escoamento superficial. Por outro lado, processos como evapotranspiração, percolação para o aquífero raso e recarga para o aquífero profundo aumentaram.

Palavras-chave


modelo SWAT, escoamento superficial, balanço hídrico

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


AGÊNCIA PERNAMBUCANA DE ÁGUAS E CLIMA (APAC). Disponível em: www.apac.pe.gov.br

ARAÚJO, M. S.; ARAÚJO, H. M.; SILVA JUNIOR, C. G. 2015. Indicadores socioambientais e aplicabilidade no alto curso da Bacia Hidrográfica do Rio Mundaú-PE. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, v.19, n.1, p.1-10.

ARNOLD, J. G.; KINIRY, J. R.; SRINIVASAN, R.; WILLIAMS, J.R.; HANEY, E. B.; NEITSCH. S. L. 2012. Input/Output Documentation version 2012. Texas Water Resources Institute – TR-439. 650p.

ARNOLD, J. G.; SRINIVASAN, R.; MUTTIAH, R. S.; WILLIAMS, J. R. 1998. Large area hydrologic modeling and assessment part I: model development. Journal of the American Water Resources Association, v.34, n.1.

BLAINSKI, E.; SILVEIRA, F. A.; CONCEIÇÃO, G.; GARBOSSA, L. H. P.; VIANNA, L. F. 2011. Simulação de cenários de uso do solo na Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá utilizando a técnica da modelagem hidrológica. Agropecuária Catarinense, v.24, n.1.

BRESSIANI, D. A.; GASSMAN, P. W.; FERNANDES, J. G.; GARBOSSA, L. H. P.; SRINIVASAN, R.; BONUMÁ, N. B.; MENDIONDO, E. M. 2015. Review of Soil and Water Assessment Tool (SWAT) applications in Brazil: Challenges and prospects. International Journal of Agricultural and Biological Engineering, v.8 n.3 p.9-35.

BRUIJNZEEL, L. A. 1996. Predicting the hydrological impacts of land cover transformation in the humid tropics: the need for integrated research. In: GASH, J. H. C.; NOBRE, C. A.; ROBERTS, J. M.; VICTORIA, R. L. Amazonian deforestation and climate. Chichester, Inglaterra: J. Wiley, Cap.2.

COSTA, M. H.; BOTTA, A.; CARDILLE, J. A. 2003. Effects of large-scale changes in land cover on the discharge of the Tocantins river, southeastern Amazonia. Journal of Hydrology, v.283, p.206-217.

GONDIM, P. S. S.; LIMA, J. R. S.; ANTONINO, A. C. D.; HAMMECKER, C.; SILVA, R. A. B.; GOMES, C. A. 2015. Environmental control on water vapour and energy exchanges over grasslands in semiarid region of Brazil. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.19, p.3-8.

KRYSANOVA, V.; MÜLLER-WOHLFEIL, D. I.; BECKER, A. 1998. Development and test of a spatially distributed hydrological/water quality model for mesoscale watersheds. Ecological modelling, v.106, n.2, p.261-289.

KUHNLE, R. A.; BINGER, R. L.; FOSTER, G. R.; GRISSINGER, E. H. 1996. Effect of land use changes on sediment transport. Water Resources Research, v.32, p.3189-3196.

LIN, B.; CHEN, X.; YAO, H.; CHEN, Y.; LIU, M.; GAO, L.; JAMES, A. 2015. Analyses of land use change impacts on catchment runoff using different time indicators based on SWAT model. Ecological Indicators, v.58, p.55–63.

MENEZES, R. S. C.; SAMPAIO, E. V. S. B.; GIONGO, V.; PÉREZ-MARIN, A. M. 2012. Biogeochemical cycling in terrestrial ecosystems of the Caatinga Biome. Brazilian Journal of Biology, v.72, n.3, p.643–53.

MUNOZ-VILLERS, L. E.; MCDONNELL, J. J. 2013. Land use change effects on runoff generation in a humid tropical montane cloud forest region. Hydrological Earth System Science, v.17, p.3543–3560.

NEITSCH, S. L.; ARNOLD, J. G.; KINIRY, J. R.; WILLIAMS, J. R. 2005. Soil and water assessment tool: Theoretical documentation version 2005. Temple: Blackland Research Center. 541p.

PAUWELS, G. J. 2002. Atlas Geográfico Melhoramentos, 5ª Ed., Editora Melhoramentos, São Paulo.

QUADRO, M. F. L.; MACHADO, L. H. R.; CALBETE, S.; BATISTA, N. N. M.; SAMPAIO, G. 1996. Climatologia, precipitação e temperatura no período de 1986 a 1996. Revista Climanálise, Edição comemorativa de 10 anos, CPTEC/INPE.

RALLISON, R. E.; MILLER, N. 1981. Past, present and future SCS runoff procedure. In: SINGH, V. P. (Ed.). Rainfall runoff relationship. Littleton, USA: Water Resources Publication, p.353–364.

RODRIGUES, E. L.; ELMIRO, M. A. T.; BRAGA, F. A.; JACOBI, C. M.; ROSSI, R. D. 2015. Impact of changes in land use in the flow of the Pará River Basin, MG. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.19, n.1, p.70–76.

TUCCI, C. E. M.; CLARKE, R. T. 1997. Impacto das mudanças de cobertura vegetal no escoamento: Revisão. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, v.2, p.135-152.

VIOLA, M. R. 2008. Simulação hidrológica na região Alto Rio Grande a montante do reservatório de Camargos/CEMIG. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Lavras, Lavras, Minas Gerais, 2008. 120p.

WINCHELL, M.; SRINIVASAN, R.; DI LUZIO, M.; ARNOLD, J. G. 2010. ArcSWAT interface for SWAT2009 User’s guide. USDA Agricultural Research Service and Texas A&M Blackland Research Center, Temple, Texas. 431p.

YAN, B.; FANG, N. F.; ZHANG, P. C.; SHI, Z. H. 2013. Impacts of land use change on watershed streamflow and sediment yield: an assessment using hydrologic modelling and partial least squares regression. Journal of Hydrology, v.484, p.26–37.




DOI: https://doi.org/10.24221/jeap.2.3.2017.1446.239-248

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Journal of Environmental Analysis and Progress

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.