Estimativa da produção de sedimentos na bacia hidrográfica do submédio rio São Francisco

Madson Silva, Pedro Vieira de Azevedo, Vicente Rodrigues da Silva, Bruce Kelly da Nóbrega Silva, Everson Batista Mariano, Marcos Renato Basílio Amorim

Resumo


O mapeamento e avaliação de risco de erosão é uma ferramenta importante para o planejamento da gestão de recursos naturais. Um considerável número de pesquisadores tem mostrado interesse por estudos de impactos ambientais causados por atividades humanas que promovem o acúmulo de sedimentos no leito dos rios. O objetivo deste estudo foi estimar a produção de sedimentos a partir do modelo Soil and Water Assessment Tool (SWAT) na bacia hidrográfica do submédio rio São Francisco na condição atual de uso e ocupação do solo. O período de simulação compreendeu os anos de 1993 a 2010. Foram utilizados dados de entrada oriundos das estações meteorológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). O SWAT estimou a erosão do solo a partir da Equação Universal de Perda de Solo Modificada. O resultado das simulações possibilitou a identificação de áreas com maior potencial à erosão hídrica. O gerenciamento da paisagem em bacias hidrográficas por meio do modelo SWAT pode ajudar na identificação de áreas susceptíveis aos processos de erosão.

Palavras-Chave: Modelagem hidrológica, escoamento superficial, SWAT


Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


ARAGÃO, R.; CRUZ, M. A. S.; AMORIM, J. R. A.; MENDONÇA, L. C.; FIGUEIREDO, E. E.; SRINIVASAN, S. 2013. Análise de sensibilidade dos parâmetros do modelo SWAT e simulação dos processos hidrossedimentológicos em uma bacia no agreste nordestino. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 37, p. 1091-1102.

BEHERA S, PANDA R. 2006. Evaluation of management alternatives for an agricultural watershed in a sub-humid subtropical region using a physical process based model. Agriculture, Ecosystems and Environment, v. 113, p. 62-72.

CHAVES, H. M. L.; ORLOWSKI, E.; ROLOFF, G. 1993. Previsão da infiltração sob condições dinâmicas de selamento superficial. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 17, n. 2, p. 141-147.

CIBIN, R.; SUDHEER, K. P.; CHAUBEY, I. 2010. Sensitivity and identifiability of stream flow generation parameters of the SWAT model. Hydrological Processes, v. 24, p. 1133-1148.

CODEVASF - Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba. 1999. Inventário de projetos. Brasília: rev. atual. 3. ed. 223p.

CREPANI, E.; MEDEIROS, J. S. DE; AZEVEDO, L. G. DE; HERNANDEZ FILHO, P.; FLORENZANO, T. G.; DUARTE, V. 2001. Curso de sensoriamento remoto aplicado ao zoneamento ecológico-econômico. São José dos Campos: INPE. 25p.

FUKUNAGA, D. C.; CECÍLIO, R. V.; ZANETTI, S. S.; OLIVEIRA, L. T.; CAIADO, M. A. C. 2015. Application of the SWAT hydrologic model to a tropical watershed at Brazil. Catena, v. 125, p. 206-213.

GALHARTE, C. A.; VILLELA, J. M.; CRESTANA, S. 2014. Estimativa da produção de sedimentos em função da mudança de uso e cobertura do solo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 18, p. 194-201.

GROSSI, C. H. 2003. Sistema e informação geográfica - Basins 3.0 na modelagem hidrológica da Bacia Experimental do Rio Pardo, SP. 101f. Dissertação (Mestrado em Agronomia), Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Rio Pardo.

HE, Q.; WALLING, D. E. 1996. Use of fallout Pb-210 measurements to investigate longer-term rates and patterns of overbank sediment deposition on the floodplains of lowland rivers. Earth Surface Processes and Landforms, v. 21, n. 2, 141-154.

HUNDECHA, Y. H.; OUARDA, T. B. M. J.; BÁRDOSSY, A. 2008. Regional estimation of parameters of a rainfall-runoff model at ungauged watersheds using the “spatial” structures of the parameters within a canonical physiographic-climatic space. Water Resources Research, v. 44, p. 1427-1440.

KIM, N. W.; LEE, J. 2010. Enhancement of channel routing module in SWAT. Hydrological Processes, v. 24, p. 96-107.

LEITE, D.; BERTOL, I.; ZAPORALLI, AS.; CARRAFA, R. 2002. Erosão hídrica sob chuva simulada no milho. In: Reunião Brasileira de Manejo e Conservação do Solo e da Água, 14, Cuiabá. Anais...Cuiabá: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo. CD-Rom

MACHADO, R. E.; VETTORAZZI, C. A. 2003. Simulação da produção de sedimentos para a microbacia hidrográfica do ribeirão dos Marins, SP. Revista Brasileira de Ciências do Solo, v. 4, p. 735-741.

MORIN, J.; VAN WINKEL, J. 1996. The effect of raindrop impact and sheet erosion on infiltration rate and crust formation. Soil Science Society of America Journal, v. 60, p. 1223-1227.

OEURNG, C.; SAUVAGE, S.; SANCHEZ PEREZ, J. M. 2011. Assessment of hydrology, sediment and particulate organic carbon yield in a large agricultural catchment using the SWAT model. Journal of Hydrology, v. 401, p. 145-153.

PEREIRA, D. R.; ALMEIDA, A. Q.; MARTINEZ, M. A.; ROSA, D. R. Q. 1024a. Impacts of deforestation on water balance components of a watershed on the Brazilian east coast. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 38, p. 1350-1358, 2014a.

PEREIRA, D. R.; MARTINEZ, M. A.; ALMEIDA, A. Q.; PRUSKI, F. F.; SILVA, D. D.; ZONTA, J. H. 2014b. Hydrological simulation using swat model in headwater basin in southeast Brazil. Engenharia Agrícola, v. 34, n. 4, p. 789-799.

REICHERT, J. M.; VEIGA, M; CABEDA, M. S. V. 1992. Selamento superficial e infiltração de água em solos do Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.16, n.3, p.289-298.

SETEGN, S. G.; SRINIVASAN, R.; MELESSE, A. M.; DARGAHI, B. 2010. SWAT model application and prediction uncertainty analysis in the Lake Tana Basin, Ethiopia. Hydrological Processes, v. 24, n. 3, p.357-367.

SILVA, M. T.; SILVA, V. P. R.; SOUZA, E. P.; ARAÚJO, A. L. 2015. SWAT model application to estimate the flow in the basin of lower-middle São Francisco River. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 8, p. 1615-1627.

SILVA, M. T.; SILVA, V. P. R.; SOUZA, E. P.; ARAÚJO, A. L.; AZEVEDO, J. V. V. 2016a. Estimativa da Erosividade das Chuvas na Estação Agrometeorológica de Bebedouro (PE). In: SANTOS, C. A. C. DOS; SILVA, M. T.; SILVA, V. M. DE A. (Org.). Recursos Naturais do Semiárido - Estudos Aplicados. 1 ed. Campina Grande-PB, v. 1, pp. 325-339.

SILVA, M. T.; SILVA, V. P. R.; SOUZA, E. P.; OLIVEIRA, V. G. 2014. Morphometric analysis of the basin low middle São Francisco River. Journal of Hyperspectral Remote Sensing, v. 4, n. 8, p. 168-174.

SILVA, V. P. R.; SILVA, M. T.; SOUZA, E. P. 2016b. Influence of land use change on sediment yield: a case study of the sub-middle of the São Francisco River basin. Engenharia Agrícola, v. 36, n. 6, p. 1005-1015.

TUCCI, C. E. M.; CLARKE, R. T. 1998. Environmental Issues in the La Plata Basin. Water Resources Development, v. 14, n. 2, p. 157-173.

WARD, A. D.; ELLIOT, W. J. 1995. Environmental Hidrology. New York: Lewis Publishers. 328p.

WILLIAMS, J. R. 1995. The EPIC model. In: Singh, V. P. Computer models of watershed hydrology. Highlands Ranch: Water Resources Publications. pp. 909-1000.

ZHANG, H. G.; FU, S. H.; FANG, W. H.; IMURA, H.; ZHANG, X. C. 2007. Potential effects of climate change on runoff in the Yellow River Basin of China. Transactions of the ASABE, v. 50, p. 911-918.




DOI: https://doi.org/10.24221/jeap.2.3.2017.1430.203-211

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Journal of Environmental Analysis and Progress

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.